Como superar o bloqueio criativo na hora de escrever?

Como superar o bloqueio criativo na hora de escrever?

Você já passou por momentos em que precisava escrever um texto e se deparou com algum tipo de bloqueio que te impediu de continuar – e às vezes até de começar – a escrever? Saiba que você não está sozinho.

 

 

via GIPHY

 

E eu me incluo neste grupo também. Vira e mexe tenho pequenos bloqueios em relação à escrita. Trava tudo mesmo. Então pensei: Por que não escrever sobre isso? E é justamente o que vou fazer. Vou falar sobre 2 bloqueios que acabam prejudicando na hora de escrever. Mas antes, quero combinar uma coisa com você, leitor. Eu vou dar as minhas dicas de como fugir desses bloqueios de escrita, mas quero que isso seja colaborativo e você me mande as suas também, o que acha?

 

Assim conseguimos trocar experiência. 🙂

 

Mas Andreza, de onde surgiu esse tema? Eu sempre procurei observar o que me ajudava a escrever, mas a curiosidade sobre o tema aumentou quando vi um livro chamado Accidental Genius, do Mark Levy. Não lembro quem publicou essa dica de livro, mas lembro que ao ver a capa, fiquei logo curiosa.

 

 

 

O subtítulo do livro diz: usando a escrita para gerar suas melhores ideias, insights e conteúdo. E isso chamou minha atenção na mesma hora – e não pensei duas vezes. Como o livro ainda não está disponível em português, tive que encomendar na livraria e esperar algumas semanas amargurando a curiosidade. Mas sobre o que, finalmente, fala esse livro? Ele fala sobre freewriting e como você pode aprender a contornar bloqueios e colocar as suas ideias no papel – e com isso, escrever melhor.

 

 

Então vamos às dicas?

 

 

Bloqueio do tema

 

Acho que esse é um dos primeiros bloqueios que acontece comigo. Sobre o que escrever? Vou usar o exemplo aqui do Digaí. Nós falamos sobre marketing digital e empreendedorismo digital… Mas tem tanta coisa para falar sobre o tema que às vezes fica difícil escolher algo para falar. Mas há algumas ferramentas que podem ajudar neste caso.

 

Google Keyword Planner

 

O Google Keyword Planner é o planejador de palavras-chave do Google e é um ótimo aliado na busca por temas para escrever. Imagine que você precisa escrever sobre Redes Sociais – é um tema bem vasto, não é? Você pode escrever sobre funcionalidades, formas de uso, dicas para profissionais de nichos específicos, como advogados e profissionais de moda, por exemplo, você pode também comparar uma rede social com outra…
Mas, imagina escrever exatamente sobre o que as pessoas mais buscam no Google e assim aumentar o tráfego orgânico do seu site, blog ou outra plataforma. Com o Google Keyword Planner você consegue sugestões de palavras-chave com volume de busca mensal – assim você sabe em que focar. Você também tem informações sobre o nível de concorrência e o valor médio de clique de cada palavra-chave, caso você vá trabalhar com anúncios pagos.

 

 

Blogs sobre o tema

 

Outra forma de conseguir sugestões para escrever é visitando sites e blogs sobre o tema que você quer escrever – ou não. Claro, navegar por textos e notícias exatamente sobre o tema que você precisa escrever te trará ideias mais precisas, mas nada impede que você fuja um pouco do óbvio e tenha ideias a partir de outros assuntos. 😉

 

 

Grupos de discussão

 

Os grupos de discussão – como no Facebook e no LinkedIn, por exemplo – são ótimas fontes de ideias para encontrar um tema. Neles você consegue extrair dúvidas diretamente de pessoas da área, não é legal?

 

 

Bloqueio da continuidade

 

 

Ok Andreza, já consegui um tema super legal para escrever, só falta uma coisa: conseguir escrever. Estou olhando para o papel em branco, para o cursor piscando na tela e nada. A escrita não flui… O que posso fazer quanto a isso?

 

Simplesmente escreva!

 

Parece bem óbvio, mas para que a escrita comece a fluir, você precisa apenas escrever, sem pensar muito. A nossa mente causa esse bloqueio pois queremos sempre escrever de forma perfeita. O problema é que esse perfeito acaba nunca chegando e o cursor continua piscando…
Deixe fluir! Distraia a sua mente desse fato bloqueador. Mas como? Vou te contar algumas coisas que funcionam bem para mim.

 

 

 

Ouça música!

 

Há quem diga que ouvir música vai tirar sua concentração na “tarefa inicial” que está executando, mas quando se trata de escrever eu sou da opinião que ela é um grande aliado.

 

E o que devo escutar? Música clássica? Aquela playlist de relaxamento? A de foco? Embora sejam boas opções, nenhuma delas é a melhor para mim. Quando preciso me concentrar para escrever eu coloco sempre músicas que eu consiga me deixar levar e até cantar (beijo pros amiguinhos que aguentam haha <3). Quanto mais “envolvido” com a música você estiver, mais automaticamente você conseguirá escrever e, sem notar, logo terá alguns parágrafos quando imaginaria ter escrito algumas linhas.

 

 

Diminua as distrações

 

 

Sabe aquele navegador com diversas abas abertas pedindo para serem clicadas e te distraindo? Aquele pássaro que passou cantando na sua janela ou até as diversas opções da plataforma que você está utilizando para escrever? Pois é, essas pequenas distrações podem acabar com o seu foco e a ideia de simplesmente escrever vai por água abaixo.

 

Para isso, você pode usar o bloco de notas para escrever ou o modo “sem distração” do WordPress, caso essa seja a sua plataforma. Você pode também usar o bom e velho bloquinho de papel – sempre me salva em momentos como idas e voltas do trabalho, onde as ideias surgem e você acaba esquecendo até chegar em casa. E isso leva à próxima dica.

 

 

Tenha sempre um “bloquinho” à mão

 

Bloquinho, Andreza? Cadê o digital? Calma, o bloquinho está entre aspas justamente por isso. Quando digo para ter um bloquinho sempre à mão eu quero dizer para ter algo em que você possa anotar as suas ideias – vale papel, smartphone, tablets ou o que preferir.

 

Esteja sempre pronto para quando aquela ideia sensacional aparecer. Você pode inclusive comprar lápis especiais para escrever durante o banho (ótima hora para se ter ideias, né?).

 

 

Esses foram 2 bloqueios que prejudicam bastante na hora de escrever. E eles não são os únicos – mas isso é assunto para um próximo texto. 😉

E você, o que faz na hora em que aquele bloqueio chega quando precisa escrever? Conta aqui nos comentários.

 

Até mais!

 

Texto publicado no Digaí
Andreza Mendes

<p>Sou designer especializada em mídias digitais. Trabalho ajudando empresas e pessoas a se comunicarem melhor utilizando a internet. Também sou professora de Marketing Digital. No tempo livre, gosto de ler (conhece o @3girlsabunchofbooks?), assistir filmes, séries e documentários e viajar (não necessariamente nesta ordem).</p>

Pin It on Pinterest

Share This